top of page

O poder do marketing de conteúdo: descubra aqui!

Você sabia que o marketing de conteúdo é 60% mais barato do que o marketing tradicional e gera 3x mais de leads? Pois é! Essa é uma das melhores estratégias que traz resultados significativos para empresas de todos os tamanhos e segmentos.


O objetivo é criar um conteúdo envolvente, que atraia, engaje e fidelize clientes, além de gerar mais vendas para o seu negócio.


Mas, afinal, o que é marketing de conteúdo? E como aplicá-lo nas estratégias digitais da sua empresa? É sobre isso que nós, da Método Agência, comentaremos neste artigo. Vamos lá? Acompanhe a leitura!


O que é marketing de conteúdo?


O marketing de conteúdo é uma estratégia de marketing digital que consiste em criar e distribuir conteúdo relevante com objetivo de atrair e engajar um público-alvo. Dessa forma, é possível construir uma relação de proximidade e confiança com as pessoas e, assim, gerar reconhecimento de marca e mais vendas.


O conteúdo pode ser feito em diferentes formatos, seja através de artigos para blog, e-books, vídeos, posts nas redes sociais, infográficos, entre outros. Ele deve ser criado com base nas dores e desejos do seu público, para que seja informativo e educativo, e não deve ter o foco somente em promover um produto ou serviço.


Além disso, é importante entender que o marketing de conteúdo visa o médio e longo prazo, principalmente para conseguir construir uma relação de confiança com as pessoas. Assim, é necessário um pouco de paciência para garantir resultados expressivos, porém, ao consegui-los, terá um impacto muito significativo para o seu negócio.


Como fazer marketing de conteúdo?


Essa é a principal dúvida das pessoas que tomam conhecimento sobre o marketing de conteúdo. Afinal, como fazer? Para isso, é necessário seguir alguns passos importantes que irão determinar o sucesso da estratégia. Veja abaixo:


1. Defina o público-alvo e a persona


São fundamentais para toda estratégia digital, especialmente para a criação de conteúdos efetivos e relevantes. Com essas informações, é possível direcionar os posts e materiais para as pessoas certas. Por mais que sejam parecidos, o público-alvo e a persona diferem de algumas formas.


  • PÚBLICO-ALVO: grupo amplo de pessoas baseada em características demográficas, socioeconômicas e comportamentais, como idade, gênero, renda, interesses, entre outros. Exemplo: mulheres, de 25 a 45 anos, classe alta, casadas, residentes da região Sul e Sudeste, com renda mensal acima de R$ 15 mil reais, que são consumidoras do mercado de luxo e decoração de interiores.

  • PERSONA: definição específica do cliente ideal, com detalhes sobre hábitos, comportamentos, desejos, dores, objetivos, etc. Exemplo: Catarina, 36 anos, formada em Economia, fundadora e diretora geral de uma corretora de investimentos em Balneário Camboriú. É casada com o Fabrício e ambos têm um filho, o Lucas. Apesar da rotina agitada e com a agenda lotada, Catarina busca cuidar da sua alimentação, praticar yoga e fazer exercícios físicos diariamente. Além disso, é uma admiradora de decoração e ama comprar objetos refinados para sua casa. Gosta de peças feitas de forma artesanal e, de preferência, em mármore.


Conseguiu perceber a diferença? A persona busca trazer mais informações detalhadas, ajudando na personalização do conteúdo e garantir que ele seja realmente útil para quem está lendo.


2. Selecione os temas


Após realizar o primeiro item, você deve fazer uma pesquisa de mercado, analisar os concorrentes, verificar quais assuntos eles divulgam e selecionar os temas para seus canais de divulgação.


Esses temas são relacionados aos produtos e serviços, dicas, tutoriais, depoimentos de clientes, bastidores do negócio, entre outros. É importante definir assuntos informacionais, educativos e comerciais, mesclando-os sempre.


3. Crie um calendário editorial


O calendário é uma ferramenta importante ao começar a fazer marketing de conteúdo. Ele é responsável por garantir a consistência e a regularidade na criação dos materiais.


Para isso, você pode abrir um documento do Excel ou Google Sheets, separar por colunas as seguintes informações: data de publicação, tema que será abordado, canais de divulgação e tipo de conteúdo.


4. Crie conteúdos relevantes


Os conteúdos devem ser úteis para o público, ou seja, é essencial que as informações sejam valiosas, ajudem a resolver problemas ou a atingir um desejo. Toda a estratégia de conteúdo deve ser criada com base nas necessidades e sonhos do público.


Esqueça de querer apenas divulgar seu produto, promoção ou os motivos do seu serviço ser tão bom. Esse tipo de estratégia não conecta e faz o cliente desistir do seu negócio.


Saiba que a conexão e o relacionamento dentro do marketing é fundamental. Por isso, uma boa dica é investir em imagens e vídeos humanizados em publicações nas redes sociais, por exemplo.


5. Distribua os conteúdos


É importante que os conteúdos sejam distribuídos em diferentes canais, como blog, redes sociais, e-mail marketing, etc. Para isso, você pode adaptá-los para cada canal e formato.


Por exemplo, um artigo para blog pode gerar um ou mais posts para as redes sociais, sendo em formato de imagem ou vídeo para reels. Além disso, esse conteúdo mais extenso também pode ser transformado em vídeo para YouTube.


O ponto é: utilizar o conteúdo “raiz” e disseminá-lo em outros canais, de acordo com o formato da plataforma. Assim, você consegue gerar mais fontes de tráfego para o seu negócio.


6. Analise os resultados


Você e sua equipe devem avaliar a efetividade da estratégia de marketing de conteúdo. Para isso, analise os resultados e identifique o que está funcionando e o que pode ser melhorado.


Isso inclui: monitorar o tráfego do site, o número de leads por semana e por mês no WhatsApp, engajamento nas redes sociais, número de vendas por semana e por mês, e outros indicadores.


O marketing de conteúdo nas redes sociais


As redes sociais são um dos principais canais para a distribuição de conteúdo. Empresas de pequeno e médio porte, geralmente, trabalham mais com o Instagram, Facebook e TikTok do que outros canais, por exemplo.


O motivo é simples: os compradores da maioria dos segmentos estão nas redes sociais. Então, é um fator imprescindível criar conteúdo que demonstre os diferenciais e benefícios, com foco na postagem de imagens e vídeos mais “naturais” e sem uma mega produção. O simples engaja, viu?


Aqui, na Método Agência, levamos essa premissa a sério e aplicamos com todos os nossos clientes. Sabemos que uma imagem ou vídeo humanizado gera mais likes, comentários, envios e salvamentos do que uma arte com foto de banco de imagem e de vetores.


Sabe o motivo?


Porque tudo isso atrai, engaja e converte.


Por exemplo, um petshop deve trabalhar com fotos e vídeos dos animaizinhos, mostrar os bastidores, criar reels divertidos da tosa e do banho. O erro é publicar apenas artes. O feed não ficará atrativo e muito menos humanizado. Entende?




O poder do marketing de conteúdo é imenso! É uma das melhores estratégias para gerar postagens relevantes, que resolvem a dor e realizam desejos.


Vale a pena lembrar que é uma estratégia de médio a longo prazo, ou seja, um processo que deve ter paciência para aplicar e seguir. Porém, você pode utilizar os anúncios online para acelerar a atração de público e obter resultados mais rapidamente.


E sabe uma notícia boa? A equipe da Método pode fazer tudo isso por você!


Sabemos que pensar no público-alvo, definir a persona, selecionar os temas, criar o calendário editorial, etc, dá trabalho. E nós amamos fazer isso!


Hoje, contamos com uma equipe especializada em marketing de conteúdo, a qual é responsável por conhecer o seu negócio, traçar a estratégia correta e iniciar com um trabalho extremamente personalizado.


Que tal saber mais? Entre em contato com a gente e marque uma conversa com um de nossos especialistas. Atendemos todo o Brasil e estamos prontos para decolar a sua empresa no digital!


14 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page